THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES

sábado, 19 de dezembro de 2009

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

É Natal

Fui pôr o sapatinho
Na janela do quintal
E o Pai Natal deixou
Um presente de Natal!
Como é que o Pai Natal
Não se esquece de ninguém?...
Seja rico ou pobre
Uma prendinha sempre vem!

Imagem e texto da Internet

Alegrem-se o céu e a terra
cantemos com alegria
já nasceu o Deus Menino
filho da Virgem Maria

O azevinho

O azevinho é um dos símbolos de Natal.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Presépio


Árvore da cidade do Porto-2009


quinta-feira, 3 de dezembro de 2009




Crie glitters aqui!

NOIVA DE VIANA!


Imagem da Internet

Cerâmica de Vila Verde-Braga

Artigos de cerâmica pintados à mão, com motivos inspirados em desenhos e quadras tradicionais dos " Lenços dos Namorados ".

Imagem da Internet

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

ROCAS

Rocas feitas com pequenos ramos de alfazema fresca entrelaçados com fitas de diversas cores, semelhantes às que as nossas avós usavam para proteger as roupas
das traças e que eram colocadas com todo o carinho dentro dos armários e das arcas onde se guardavam os enxovais.

Imagem da Internet

Presépio em cerâmica vidrada-Barcelos


Peça executada por Júlia Ramalho, neta da célebre artesã Rosa Ramalho, de quem herdou os mesmos dotes.
Imagem da Internet

Café da manhã


Caixinha para o chá.

Imagem da Internet

Marafonas

Peças de artesanato tradicional de Monsanto, aldeia histórica no concelho de Idanha-a-Nova, as" marafonas" são bonecas de trapos com traje regional, feitas a partir de uma cruz de madeira e sem olhos, nariz nem ouvidos.

Para uns, deitadas em cima das camas apelam à protecção durante as trovoadas, para outros muito contribuem para a felicidade conjugal.

Imagem da Internet

sábado, 28 de novembro de 2009

Scraps
Recados animados

Scraps
Recados animados

Scraps
Recados animados

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Aproximam-se as Festas Natalícias




As Lâmpadas velhas ou fundidas, podem-se aproveitar e fazer objectos giros!!!


terça-feira, 24 de novembro de 2009

Poema Infantil-Eugénio de Andrade

FAZ DE CONTA

-Faz de conta que sou abelha.
-Eu serei a flor mais bela.

-Faz de conta que sou cardo.
-Eu serei somente orvalho.

- Faz de conta que sou potro.
-Eu serei sombra em Agosto.

-Faz de conta que sou choupo.
-Eu serei pássaro louco,

pássaro voando e voando
sobre ti vezes sem conta.

Imagem da Internet



A Saudade nunca passa...

Dessas tuas tranças
Loiras,
Dessa menina
De outrora,
Nada há no teu olhar
De agora.

Tenho pena que assim seja...

Não deixes a realidade começar,
Sê a criança
Que foste
Traça na alma
A graça dum sorriso
E continua...
...A sonhar...

Autor desconhecido
Imagem da Internet



domingo, 22 de novembro de 2009

Para você!


sábado, 21 de novembro de 2009


VOLTAS


Tão tirana e desigual
Sustentam sempre a vontade
Que a quem lhes quer na verdade
Confessam que querem mal;
Coração olha o que queres:
Que mulheres são mulheres...

Se alguma tem afeição
Há-de ser a quem lha nega,
Porque nenhuma se entrega
Fora desta condição;
Não lhe queiras coração,
E senão, olha o que queres:
Que mulheres são mulheres...

São tais, que é melhor partido
Para obrigá-las e têlas,
Ir sempre fugindo delas,
Que andar por elas perdido;
E pois o tens conhecido,
Coração, que mais lhe queres?
Que enfim, todas as mulheres!

By Francisco Rodrigues Lobo
Imagem da Internet

A Comme Amour-Richard Clayderman

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Fiz um conto para me embalar!

Fiz com as fadas uma aliança.
A deste conto nunca contar
Mas como ainda sou criança
Quero a mim própria embalar.

Estavam na praia tres donzelas
como tres laranjas num pomar.
Nenhuma sabia para qual delas
Cantava o príncipe do mar.

Rosas fatais, as tres donzelas
As mãos de espuma as desfolhou
Nenhuma soube para qual delas
O príncipe do mar cantou.

Natália Correia
Imagem da Internet


terça-feira, 17 de novembro de 2009

" HINO DA BARCA "

Ponte da Barca é do Minho,
Deste Minho encantador!
Onde há flores, pão e vinho
P'ra todos seja quem for!

Fê-la assim a Natureza
Pequenina, donairosa!
Ai quanta graça e beleza
Contém um botão de rosa

Tem no alpendre da Praça
No secular Pelourinho,
Os marcos fiéis da traça
Das velhas terras do Minho.

Tal como a mulher bonita,
Envolta de singeleza,
Mesmo vestida de chita
A Barca é uma princesa!

Autor-Manuel Parada
"O livro Pégadas do meu caminho".






Viver é sempre dizer aos outros que eles são importantes,
Que nós os amamos, porque ficamos com a nítida impressão de que não os amamos o suficiente.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

QUE SUAVE É O MAR

Que suave é o ar
Que tudo é bom na vida que há!
Assim meu coração pudesse
Sentir essa certeza já.

Mas não; ou seja a selva escura
Ou seja um Dante mais diverso,
A alma é literatura
E tudo acaba em nada e verso.

By-Fernando Pessoa(1932)
Imagem da Internet


MOTIVO DA ROSA

Não te aflijas com a pétala que voa:
Também é ser, deixar de ser assim.
Rosas verá, só de cinzas franzidas
Mortas, intactas pelo teu jardim.

Eu deixo aroma até nos meus espinhos
Ao longe, o vento vai falando de mim.
E por perder-me é que vão me lembrando
Por desfolhar-me é que não tenho fim.


by-Cecília Meireles
Imagem da Internet

ENSINAMENTO


Minha mãe achava estudo a coisa mais fina do mundo.
Não é.
A coisa mais fina do mundo é o sentimento.
Aquele dia de noite, o pai fazendo serão, ela falou comigo:
"Coitado, até essa hora no serviço pesado".

Arrumou pão e café, deixou o tacho no fogo com água quente.
Não me falou em amor.
Essa palavra de luxo.

Texto e imagem da Internet


sábado, 14 de novembro de 2009

Cidade do Porto

video

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

"S.GONÇALO"


São Gonçalo de Amarante
casamenteiro das velhas
porque não casais as novas!
que mal vos fizeram elas?

São Gonçalo me chamou
pela porta da cozinha
que fosse cear com ele
recheado de galinha.

Rola, rola S. Gonçalo
meu santinho rolador
quem há-de pedir aos Santos
Pede a Deus Nosso Senhor.

Prometi a S. Gonçalo
prometi hei-de o fazer
um belo pires de papas
para o santinho comer.

São Gonçalo já é velho
é velho, é maniado
anoitece na igreja
amanhece no serrado.

São Gonçalo já é velho
de velho, já não tem dentes
Deus dê o Céu à velhinha
que lhe dava papas quentes.

São Gonçalo de Amarante
santo bem casamenteiro
antes de casar as outras
a mim casai-me primeiro.

Quadras e imagem da Internet

PENSAMENTO!


Não encontrarás entre as estrelas, antes de trilhares as sendas humildes que te competem.

-Emunuel-

Cantigas do folclore se S. Jorge-Açores




" Manjericão"

O manjericão é sono
quem tem sono vai dormir
Tenho sono mas não durmo
Para bem te assistir

Deitei um limão de rolo
à tua porta parou
quando o limão te quer bem
que fará quem o deitou

O manjericão na serra
não cresce nem faz toiça
também vós minha menina
sois uma e pareceis outra

manjericão doiradinho
doiradinho até ao pé
meu coração é só teu
diz-me o teu para quem é?


Imagem das fajãs S. Jorge, retirada da Internet


quarta-feira, 11 de novembro de 2009

SABER VIVER

Não sei... Se a vida é curta
Ou londa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, senão tocarmos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.
E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura...Enquanto durar.
By- Cora Coralina
Imagem da Internet
I

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Benvindos ao meu blog!

upload imagens

RecadosOnline - Recados! Recados de Abraços! Quer enviar?

Miau...Miau

gifs fofas

RecadosOnline - Confira mais recados para Abraços

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

A JARDINEIRA

Semiei,
Reguei,
Vi brotar...
Transplantei mudas,
Adubei,
Tornei a regar,
Podei os galhos,
Retirei espinhos,
Reclhi folhas mortas...
Até que,
Finalmente: colhi flores,
Sorvi os frutos;
Sentei satisfeita
À sombra das árvores já crescidas,
Peguei num livro e li;
Os pássaros me faziam companhia;
Ao som do canto deles, adormeci;
Enquanto ressonava, um sorriso me aflorou aos lábios!

O TEMPO É O LAR















O tempo é o lar das coisas
todas elas, raras e vulgares,
constantes e vagas, vestem-se de circunstâncias
onde reside uma história
senão apenas no caminhar incessante
por essa estrada invísivel
que se lança sobre todas as direcções
sem que ninguém jamais encontre
onde começa ou finda.
Texto e imagem da Internet

Vira da Senhora da Agonia-Viana do Castelo

André Rieu-Conquest of Paradise

sábado, 7 de novembro de 2009

AS CAMARINHAS

Que saudade eu tenho das camarinhas!
Só de pensar nelas cresce-me água na boca!

Foi há muitos , muitos anos, quando eu era jovem, que soube o que eram as camarinhas.
Vi-as pela primeira vez numa praia perto de Mira, perto de Aveiro.
Então lembro-me que foi um verdadeiro banquete!
Comi tantas, tantas!
Parecem pérolas dependuradas no arbusto.
Primeiro são de cor branca e, quando bem maduras tornam-se cor de rosa.
Produz um fruto comestível e a sua rama liberta um cheiro semelhante ao mel.

Camarinheiras podem ser encontradas em sistemas dunares ou em matas baixas de pinhais

Imagem da Internet

O PORTO

Visitar o Porto é uma surpresa constante. Pelos monumentos.
Pelo rio. Pelo mar.
Pelas caves do vinho do Porto, do lado de lá do rio. Pela restauração.
Pela noite. Por tudo aquilo que é o Porto e que faz do Porto uma das mais belas cidades da Europa.

Imagem da Internet

Reflecção

" O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem.
Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis".

Imagem da Internet